fbpx
Black Friday 2019: aproveite com moderação

Black Friday 2019: aproveite com moderação

Nesse período do ano, mais especificamente na última sexta-feira de novembro, somos assombrados pelo excesso de ofertas. São de todos os tipos. É quase impossível resistir a tantas tentações –  e nessa hora – é preciso puxar o freio para não perder o controle de suas despesas.

Hoje, na véspera da sexta-feira mais aguardada pelos consumidores do mundo inteiro, nós vamos dar preciosas dicas para que você aproveite as promoções, não caia em fraudes, e principalmente, mantenha a finanças organizadas.

  1. Como anda meu orçamento?

Antes de ir às compras, você precisará fazer uma análise de como está a sua vida financeira. Após essa reflexão, responda a seguinte pergunta: “ainda que esteja pela metade do preço, essa nova aquisição cabe dentro do meu orçamento? ”

Seja sincero! Não se iluda com aquele famoso ditado popular “pior que está, não fica” – acredite, pode ficar, e muito. Entre uma comprinha e outra, há vários boletos a serem pagos, e perder o controle de uma dívida é mais fácil do que se imagina. 

Bom, o nosso objetivo não é te convencer a não aproveitar a Black Friday, muito pelo contrário, é te ajudar a usufruir com responsabilidade. Se você examinou as suas finanças e viu que será possível ir às compras, é só tomar algumas precauções para aproveitar as ofertas de forma sustentável.

  • “Respeito é bom, todo mundo gosta”, inclusive o seu bolso!

Não é porque o cartão está com limite sorrindo para você e o décimo terceiro está na conta, que você vai sair torrando tudo.  Não mesmo. Antes de sair, ou de entrar em qualquer site de compras, faça o cálculo de quanto você pode utilizar do seu limite, não esquecendo das parcelas que há em aberto. Inclua nesse cálculo os acordos que esteja pagando e despesas dos próximos meses. No final do ano, os gastos são grandes, e a Black Friday vem logo antes das dezenas confraternizações e amigos secretos, sem contar os happy hours e presentes que aparecem em dezembro.  Estabeleça um teto – respeitando a sua renda.

  • Querer não é poder

A Black Friday pode ser a oportunidade que você tanto esperou para comprar com um bom desconto aquele item que você esperou o ano inteiro.  Neste caso, seja objetivo, nada de comprar por impulso. Não é porque você deseja muito aquele item, que você deverá comprá-lo. Por exemplo: se você deseja muito um celular, e ele custava em tornou de R$ 4.000 e na Black Friday ele está saindo por R$ 2.000, mas o teu orçamento só permite pagar R$ 900. Respire fundo, controle os desejos, e lembre-se que há outros modelos de celulares. Apesar de o desconto ser bem interessante, ele ainda não cabe dentro do que está previsto em seus gastos. Mais vale ficar sem o celular que meses de dores de cabeça.

  • Pesquise sem moderação

Antes de finalizar qualquer compra, compare os preços. Entre uma loja/site e outro, as diferenças de preços podem ser imensas. Utilize alguns sites, como Zoom e Buscapé, eles traçam gráficos com históricos do valor do produto. Isso irá te ajudar a não cair em ciladas – a do preço que vai aumentando gradualmente para fingir que o desconto é alto –, mas na verdade, não era desconto, era cilada!  

  • Não compre só pelo desconto

Se aquilo que você queria não está com um desconto significativo e há dúvidas que você vai conseguir pagar, não compre. Tenha paciência. Espere mais um pouco. Pode ter certeza que haverá outras oportunidades para essa compra. Tome um ar, pense bem, compre um sorvete, e deixe para depois.

Tudo passa, até a vontade de gastar!

Boa Black Friday!

6+
Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *