fbpx
Investindo no futuro!

Investindo no futuro!

Um dos assuntos que tem crescido na curiosidade popular são os temas envolvendo investimentos. Cada vez mais as pessoas têm buscado informações sobre como se tornar um investidor e conquistar a estabilidade financeira no futuro.

Mas antes de ir adiante, precisamos deixar claro que o nosso intuito nesse texto não é falar sobre os vários tipos de investimentos disponíveis no mercado. Na verdade, o que queremos mesmo é mostrar a você que tem um plano de Previdência Complementar, que você já é um investidor. E, diga-se de passagem, se for um plano patrocinado, é um investidor de sorte. Pois a cada real que investe, a sua empresa coloca mais um também.  

Sem contar que a Previdência Privada é um dos melhores meios de investimentos a longo prazo que existe. Qualquer pessoa, independente da idade ou fase da vida, pode ter um plano de previdência para ajudar a manter o equilíbrio financeiro na aposentadoria. É claro que quanto antes você começar a investir, melhor será o seu saldo de conta no futuro e os benefícios que esse dinheiro lhe proporcionará.

Veja alguns pontos importantes para investir nesse produto!

Trace metas: Revise o percentual de contribuição anualmente

Assim como qualquer outro tipo de investimento, na Previdência Privada, também será preciso traçar metas – nada de ficar com a mesma contribuição por muito tempo –  tente aumentar o percentual de participação salarial pelo menos uma vez por ano. Pois, dependendo do Regulamento do seu plano, a Patrocinadora pode acompanhar a paridade com o mesmo valor.

Vantagens em dobro: Benefício Fiscal

Ao realizar contribuições extras, você aumenta o seu saldo individual de poupança previdenciária, e consequentemente, amplia o valor do benefício de aposentadoria no futuro. Sem falar que o governo oferece benefícios fiscais a esses contribuintes – abatendo em até 12% da renda bruta – na declaração de Imposto de Renda completa.

Complemento à aposentadoria do INSS

Atualmente, o teto previdenciário é de R$ 6.101,06. Isso significa que nenhuma aposentadoria paga pelo INSS é superior a esse valor. Logo, se um contribuinte da previdência social deseja receber uma aposentadoria superior ao teto vigente, ele deverá obrigatoriamente dispor de outra fonte de renda. E ao destinar um valor da sua renda para o seu plano de benefício, você investe no seu futuro, aumentando consequentemente, o conforto financeiro na aposentadoria.

Segurança no seu investimento 

Sabemos que por mais que se fale sobre investimento, o tema é bem complexo, requer muito estudo, estratégia e prudência nas decisões para não acabar perdendo dinheiro. E ao investir no seu plano de Previdência Complementar, você contará com uma Entidade composta por uma equipe especializada que analisará as melhoras estratégias e decisões de investimentos –  tendo em vista garantir ao participante as melhores formas de investimento e o melhor retorno na rentabilidade do seu patrimônio!

Seja um investidor de sucesso, invista no seu plano de benefícios e faça o tempo trabalhar a seu favor!

6+
Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *