fbpx
Sou desorganizado financeiramente, logo, não consigo economizar

Sou desorganizado financeiramente, logo, não consigo economizar

Quem nunca começou a fazer uma reserva mensal e logo teve que mexer no dinheiro, que jogue a primeira pedra! Poupar dinheiro não é algo tão fácil assim, além de disciplina e determinação, é preciso ter consciência que só será possível a realização de algumas conquistas – desde aquisições de imóveis, intercâmbios, viagens a independência financeira – se você perseverar no projeto de economizar aquele dinheirinho suado de cada dia. E ainda que, entre uma tentativa e outra, esse objetivo fracasse, não se dê por vencido. Mantenha a calma, se organize e comece de novo!

Você não está sozinho!

Isso mesmo. Segundo pesquisa da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas – CNDL, 47% dos jovens entre 18 e 24 anos não possuem uma vida financeira organizada – fator indispensável para começar a economizar. Mas, calma! Nós vamos te ajudar a colocar a vida em dia. A seguir, leia algumas dicas para você dar os primeiros passos rumo à organização financeira!

Tenha paciência!

Como já falamos, economizar dinheiro não é tarefa fácil, e entre tantos fatores, exige organização. Talvez o melhor jeito de ir adiante no projeto é começando aos poucos, dando um passo de cada vez. Pequenas mudanças em sua rotina que farão muita diferença em seu bolso.

Crie um controle de gastos! Escolha um desses itens: bloquinhos de papel, planilha de excel ou aplicativo de finanças, e passe a utilizá-lo daqui para frente. Essas ferramentas vão te ajudar a ter clareza do quanto você gasta por mês.

Anote tudo! Crie categorias para os seus gastos, essa é uma boa tática para começar a enxergar o que mais consome seu salário – e, logo, quais despesas devem ser cortadas na hora de economizar. Sugestão de categorias: Moradia (luz, água, condomínio), serviços (TV a cabo, internet, plano de celular), transporte (app de carros, estacionamento, gasolina e meios alternativos – aluguéis de bicicletas/patinetes), saúde, educação, dívidas (financiamento, parcelamentos e lazer).

Tudo mesmo! Além de suas contas fixas, qualquer outro tipo de despesa que você fizer durante o mês deve ser incluída nesse controle. Utilizou o cartão no débito, crédito ou pagou no dinheiro? Anote. No início será um pouco trabalhoso, mas valerá a pena. Seja minucioso nos primeiros meses para ver seus gastos em detalhes e desenhar uma estratégia para economizar.

Seja realista! Analise se o que você ganha por mês é compatível com a soma de seus gastos. O número que aparece quando você subtrai as despesas da receita é negativo ou positivo? Será que dentro dessa realidade é possível começar a economizar por mês?

Crie um limite de gastos mensais! Analisando os seus gastos: será que essa conta não está sendo alta demais? Veja em sua planilha de despesas, onde há espaço para cortes e comece a estabelecer limites para cada categoria.

Monte um orçamento! Bom, a partir de agora, você já tem a clareza do quanto entra e do quanto sai por mês. A vida financeira começa a entrar nos eixos e a tomar ares de organização. Chegou a hora de iniciar o seu orçamento, ou seja, detalhar esses números nas categorias criadas, e estabelecer um valor máximo de sua renda para cada uma delas.

Pronto, agora é tomar cuidado para não sabotar o seu orçamento e começar a investir. Falaremos sobre isso em outra oportunidade!

8+
Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *