fbpx
Conheça a história do Adão Pereira, o aposentado de Contagem que mudou de trabalho (e de vida) aos 56 anos

Conheça a história do Adão Pereira, o aposentado de Contagem que mudou de trabalho (e de vida) aos 56 anos

Ele prestou vestibular aos 56 anos e passou em 15º lugar. O sonho adiado a vida toda pôde se tornar realidade, enfim. O administrador Adão Pereira, apaixonado por animais, resolveu fazer medicina veterinária e o sítio que antes era seu local de lazer virou também o local de trabalho.

Mais velho de 7 irmãos, Adão começou a trabalhar com 14 anos para ajudar nas contas de casa. Depois que seus irmãos foram crescendo, conseguiu pagar (com muita dificuldade) sua faculdade de administração. Depois de graduado, passou de estagiário a contratado e sua carreira voou. Sempre foi muito comprometido e seus esforços eram reconhecidos pela empresa.

Para esquecer um pouquinho do trabalho e dos muitos problemas que tinha lá, Adão costumava passar os finais de semana no sítio da família, pertinho de Contagem, onde seu pai tinha umas cabrinhas. Foi o único entre seus irmãos que preservou o gosto pela roça. Depois que seu pai faleceu, quem tomava conta do sítio era ele. Os irmãos até pensaram em vender e repartir o valor apurado, mas Adão não deixou. Conversou com jeitinho e acabaram decidindo por manter o sítio na família, até que Adão pudesse comprar a parte de todos eles. E foi o que aconteceu: parcela por parcela ele pagou a parte dos irmãos e se tornou o dono do sítio – que no fundo já era dele, o único que cuidava de tudo mesmo.

Adão diz que, fora o grato salário que o ajudou a sustentar sua família por toda a vida, a melhor coisa que a empresa o deixou, foi o seu plano de previdência, mas ele só descobriu isso depois de se aposentar. Divorciado e sem emprego, Adão se aposentou e acabou caindo em depressão. Perdeu suas referências sociais, sua rotina. Abandonou até o sítio. Mas sua filha entendeu logo o que estava acontecendo e depois de insistir muito conseguiu falar com o pai: “volta a estudar pai! O senhor sempre amou os bichos! Faz veterinária, vai viver no sítio e ganhar dinheiro! ” Sempre é tempo de começar de novo e Adão tomou coragem para arriscar. Com a renda mensal da aposentadoria complementar, mais o que recebia do INSS, conseguiu se dedicar durante os 5 anos de faculdade somente aos estudos, e ainda assim, manter as contas em dia.

Se formou e montou um laticínio de leite e queijo de cabra. Ele mesmo cuidava dos animais, fazia os partos, vacinava e até preparava a ração. E que animais! Que produção! E juntando todo amor e talento no cuidado com os animais com os seus conhecimentos em administração, hoje tem um negócio de sucesso. E a depressão (que depressão?!), a Dona Carla, sua nova namorada, mandou pra bem longe.

Essa foi mais uma vida que a BB Previdência ajudou a mudar e temos muito orgulho disso. E você, o que vai ser quando envelhecer?

Compartilhe
9+

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *