fbpx
Glaucoma: sintomas e tratamento

Glaucoma: sintomas e tratamento

O glaucoma é uma doença dos olhos, causada pela elevação da pressão intraocular. Esse aumento de pressão provoca lesões no nervo óptico e, em casos mais graves, pode levar à cegueira.

O Glaucoma é a doença crônica que mais causa cegueira no Brasil. Tem como característica causar lesão degenerativa do nervo óptico (estrutura que envia as imagens do olho para o cérebro), normalmente associada ao aumento da pressão intraocular – essa medida indica a tensão no interior do olho e tem valor médio de 16 mmHg, mas até 21 mmHg ainda é considerada dentro do limite da normalidade. Enxaqueca e miopia são alguns dos sintomas que podem indicar a presença da enfermidade, que evolui devagar e muitas vezes é assintomática. A questão é que se o paciente negligencia o tratamento, o resultado é a cegueira total e irreversível.

Dados da Pesquisa realizada pela Sociedade Brasileira de Glaucoma revelam que cerca de 50 milhões de brasileiros nunca se consultaram com um oftalmologista. Além de outros riscos, essa falta de hábito brasileira, é um fator agravante para o desenvolvimento do glaucoma, pois como a doença é assintomática em sua fase inicial, a única maneira de identificar e promover um tratamento precoce é realizando exames médicos de rotina. O especialista pode realizar um exame oftalmológico cuidadoso, medir a pressão intra-ocular, examinar o fundo de olho e avaliar o campo visual.

Tipos de glaucoma

De ângulo aberto ou crônico

Tipo mais comum da doença e tende a ser hereditário, mas a causa exata ainda é desconhecida. Os primeiros sinais nesse caso são a perda da visão periférica, que pode ser em um ou nos dois olhos, e a perda da visão tubular nos estágios mais avançados da doença.

De ângulo fechado

Acontece quando o humor aquoso tem sua saída natural bloqueada. Quando a doença aparece dessa forma, os sintomas mais comuns são muita dor e vermelhidão ocular, náuseas e vômito, visão embaçada e halos ao redor das luzes.

Congênito

É quando o bebê nasce com a doença. Ocorre mais raramente e se diagnosticado, pode ser tratado de imediato.

Secundário

Costuma ser causado pelo uso excessivo de medicamentos, como os corticoides.

Tratamento

O tratamento impede a progressão da doença, por isso a importância de um diagnóstico precoce. Depois de certa fase da doença, os danos são irrecuperáveis.

Os tratamentos podem ser medicamentosos ou cirúrgicos, mas cada caso deve ser avaliado por um especialista. Não deixe de consultar seu oftalmologista regularmente.

Dia 26 de maio: Dia Nacional de Combate ao Glaucoma. Cuide-se!

Compartilhe
10+

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *