fbpx
Muitas dívidas e pouca expectativa financeira

Muitas dívidas e pouca expectativa financeira

Nós entendemos que é bem difícil imaginar uma aposentadoria tranquila com uma vida financeira estável quando a nossa realidade é o oposto disso. De fato, não é fácil, mas não se deixe levar pelo desânimo a ponto de entregar os pontos, é preciso mudar de mentalidade e virar o jogo, pois sempre há tempo para recomeçar!

Escola das crianças, faculdade, planos de saúde, carro quebrado. As contas não fecham, é pouco salário para muitos boletos – que não param de aparecer – e todo mês é a mesma coisa. Enquanto isso, o saldo bancário continua negativo. Tudo isso é muito desesperador e, diante desta situação, muitos acabam optando pela resignação e se entregam ao desânimo, aceitam o endividamento como um mal impossível de reverter.

Porém, não é bem assim! Conformar-se não é o melhor caminho, sair do pessimismo e começar a desenhar uma virada de vida além de ser possível, é necessário! Basta encarar uma mudança de rumo com seriedade e muita força de vontade.

Saia do vermelho

O primeiro passo para essa virada na vida financeira é identificar quão negativa está a sua situação. Nesta hora é lápis e papel na mão, acompanhado do velho e bom Excel. Avalie criteriosamente todas as contas em aberto e coloque no papel qual a sua receita mensal e quanto você tem a pagar. Lembre-se que é impossível sair do vermelho com pensamentos consumistas. Tenha paciência e foque no que realmente é o seu objetivo: estabilidade financeira! Como começar?  Corte gastos, elimine o supérfluo: o refrigerante ou o cafezinho da tarde, o sapato impossível de resistir, aquela bolsa que você não está precisando, a academia que você nunca frequenta….

Não tenha vergonha na hora de negociar

Após fazer o levantamento do quanto você está negativo, chegou a hora de negociar. Nesta hora, não tenha vergonha! Converse com as pessoas que você deve (físicas ou jurídicas) e renegocie as dívidas. Tente rever os juros, diminuir as taxas, pois assim como você quer pagar suas contas, é interesse para o outro lado receber também. Lembre-se que a negociação tem que caber no seu orçamento, então procure fazer parcelamentos que se encaixem nele.  

Caso haja alguma conta que não tenha possibilidade de negociação, você deverá destinar uma quantia mensal para quitar o valor da dívida. Agindo com disciplina e determinação, após um período, você já terá conseguido acumular uma boa quantia para negociar o pagamento à vista. Neste caso, você terá a seu favor os juros compostos do investimento e o fato de que a dívida provavelmente passará para uma empresa de cobrança onde o “desconto” é significativo, chegando muitas vezes a 90%.

Anote tudo!

A partir de agora, crie o hábito de anotar suas receitas e despesas. Hoje em dia, aplicativos de controles financeiros podem ser excelentes aliados para controlar os gastos diários. Ter noção do quanto você gasta por dia será essencial para alcançar o tão sonhado equilíbrio financeiro. Você vai se surpreender quando perceber o quanto gasta com lanches fora de casa, presentinhos fora do seu padrão financeiro e outros gastos que acabam sendo esquecidos.

Sem compras. Sem dívidas!

Para isso, será necessário um pouco de sacrifício e autocontrole por sua parte, nada de novas dívidas, a não ser que sejam extremamente necessárias. Neste momento será preciso cortar alguns gastos com o supérfluo. Cafezinhos, restaurantes, cinemas, viagens. Infelizmente, você precisará abrir mão de alguns “mimos” para alcançar a tranquilidade financeira. Após conseguir quitar todas as dívidas, você poderá retornar gradativamente com alguns serviços dos quais teve que abrir mão.

Defina uma meta

Em qualquer campo da nossa vida seja pessoal, profissional ou emocional, precisamos estabelecer metas, e as finanças requerem o mesmo cuidado. Estude sobre o assunto. Busque se educar, tenha controle emocional sobre os seus gastos. Crie uma meta de quanto é preciso poupar por mês para conseguir eliminar todas as contas atrasadas.

E nada de sair gastando sem necessidade! Sempre que sentir necessidade de comprar algo, utilize os 5Rs: Recuse, Repense, Reduza, Revenda, Reuse. Não desperdice o seu dinheiro com o supérfluo. Respeite a sua meta e siga o planejamento definido. Só assim, você conseguirá sair do negativo e traçar planos de investimentos e a desenhar um futuro melhor que o hoje.

Comece a economizar hoje mesmo. O seu futuro só depende de você!

Compartilhe
10+

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *