fbpx
O que é o sistema de capitalização?

O que é o sistema de capitalização?

A reforma da previdência prevê uma previdência social vinculada ao sistema de capitalização. Vamos entender o que é esse sistema?A reforma da previdência prevê uma previdência social vinculada ao sistema de capitalização. Vamos entender o que é esse sistema?

O sistema de capitalização é semelhante à ideia da poupança, em que o trabalhador contribui para a formação do seu próprio montante e o seu dinheiro é investido individualmente, não se misturando com o “bolo”.

Atualmente, o modelo utilizado é o de repartição simples. Nesse sistema, quem contribui hoje paga a aposentadoria de quem já está aposentado, ou seja, hoje o fundo tem característica de ser solidário entre as gerações (ativos e inativos).

Na proposta do Governo, o sistema de repartição simples seria substituído gradualmente pelo de capitalização, de forma a evitar a perda de receitas na transição entre os regimes. Isso evitaria ainda, que os atuais aposentados deixassem de contar com a contribuição dos trabalhadores na ativa, pois caso isso acontecesse aumentaria ainda mais o resultado negativo da previdência social.

Veja ao lado o comparativo entre o modelo atual e o proposto.

Fonte da imagem: Site G1 – Entenda como funciona o modelo de capitalização da Previdência

Compartilhe
11+

10 Comentários sobre “O que é o sistema de capitalização?

  1. O rombo esta na raiz, somem o que foi usurpado pelos ladrões do INSS e veras porque o INSS quebrou, sempre roubaram e nunca tomaram o dinheiro de volta e olhem que foram e continuam sendo bilhões. Isso é uma vergonha.

    5+
  2. Só falam em previdência privada.
    Se o empregador, governo e o trabalhador não vão mais recolher para o Previdência (SUS).
    Como vai ficar a Assistência Médica, internação, consultas médicas, acidente de trabalho e outras coberturas que hoje temos pela Previdência Pública?

    5+
    1. Bom dia Índio! A previdência privada (ou complementar) foi criada justamente para complementar a previdência pública, que é hoje a principal fonte dos “seguros sociais” do trabalhador celetista.

      A BB Previdência é uma dessas empresas privadas que administra planos de previdência complementar e escrevemos esse texto com o intuito meramente informativo.

      Um abraço e obrigada por participar do nosso blog.

      4+
  3. 1- Quais bancos administrarão os recursos dos empregados?
    2- Quais taxas os bancos poderão cobrar por esse serviço?
    3- quem fiscalizará as taxas de rendimento devidas ao deposito dos empregados?
    A quem recorrerá o empregado que se sentir lesado pelo banco?

    3+
    1. Bom dia Delorges! Gostaria de ter todas as respostas para as suas perguntas, mas vou ficar te devendo essas. Vamos acompanhar as notícias para ver o que descobrimos.

      Um abraço e tenha uma ótima semana!

      4+
  4. A reforma vai deixar gestores da iniciativa privadas mais ricos e os pobres no Brasil mais pobres. A reforma deve ser feita no poder público, júdiciário e político, atingindo os gargalos protegidos deste país. Cobrem os devedores do INSS(bancos, empresas…) façam sistemas fortes contra a sonegação . Quero ver é os dados, valores de todo o sistema, que diz estar em colapso, com fontes confíaveis.

    4+
  5. Concordo com Mariana Menezes.
    A reforma deve ser feita nos três poderes.
    A classe trabalhadora deve ser protegida e não exposta na mão dos empresários. Nossas conquistas não podem retroagir são tão poucas.
    E a Reforma Fiscal?

    4+

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *