fbpx
Outubro Rosa

Outubro Rosa

Um mês inteiro dedicado à conscientização das mulheres sobre a importância do diagnóstico precoce do câncer de mama.

Este, que é o segundo tipo de câncer mais comum em mulheres do Brasil e do mundo, ganhou o mês de outubro para ser debatido. Essa campanha tem como principal objetivo informar e educar, levando a toda população os dados mais recentes sobre a incidência e a mortalidade da doença no Brasil e no mundo. Ela serve também para compartilhar informações sobre o assunto, como a de que a doença pode acometer homens (apesar de representar apenas 1% dos casos) e que, em sua maioria, tem grande chance de cura quando diagnosticada precocemente.

A maior parte dos cânceres de mama é descoberta pelas próprias mulheres e pode ser detectado em fases iniciais em grande parte dos casos, aumentando assim as chances de tratamento e cura. Todas as mulheres, independentemente da idade, podem – e devem! -conhecer seu corpo para saber o que é e o que não é normal na região mamária.

É importante que as mulheres observem suas mamas sempre que puderem, sem necessidade de técnica específica, valorizando a descoberta casual de pequenas alterações. Os principais sinais e sintomas do câncer de mama são:

  • Caroço (nódulo) fixo, endurecido e, geralmente, indolor;
  • Pele da mama avermelhada, retraída ou parecida com casca de laranja;
  • Alterações no bico do peito (mamilo);
  • Pequenos nódulos na região embaixo dos braços (axilas) ou no pescoço;
  • Saída espontânea de líquido dos mamilos.

Além de estar atenta ao próprio corpo, também é recomendado que mulheres de 50 a 69 anos façam uma mamografia de rastreamento (quando não há sinais nem sintomas) a cada dois anos. Esse exame pode ajudar a identificar o câncer antes do surgimento dos sintomas.

Prevenção

Cerca de 30% dos casos de câncer de mama podem ser evitados com a adoção de hábitos saudáveis como praticar atividade física regularmente, alimentar-se de forma saudável, evitar o consumo de bebidas alcoólicas e amamentar. Mas é preciso lembrar que ainda que você adote os melhores hábitos, existe o risco genético da doença, que independe das suas atitudes. Portanto, TODAS as mulheres a partir de 50 anos de idade devem fazer o exame específico, orientado por um médico especialista que dará as melhores orientações e o encaminhamento correto para cada caso.

Caso você seja mulher e suspeite de um tumor, procure ajuda médica o mais rápido possível! E aproveite esse mês para perguntar à sua mãe, às suas amigas e a todas as mulheres com quem você se preocupa se já fizeram o autoexame. No câncer, cada segundo pode fazer a diferença.

Compartilhe
14+

4 Comentários sobre “Outubro Rosa

  1. Este é um alerta importante para todas(os) nós: ficarmos atentas a qualquer mudança que ocorrer em nosso corpo, acompanhar e buscar ajuda especializada. Parabéns pela matéria.

    4+
  2. O diagnóstico de tumores em estágios iniciais pode proporcionar maiores chances de cura e reduzir as sequelas causadas pelos tratamentos do câncer. O apoio da família é fundamental nesse momento.
    Obrigada pela matéria!!

    2+

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *