fbpx
Perspectivas econômicas para 2018

Perspectivas econômicas para 2018

A queda na taxa básica de juros, a inflação sob controle, o menor grau de endividamento dos consumidores e a melhoria no mercado de trabalho indicam perspectivas positivas para a economia brasileira em 2018. No entanto, existem fatores que deverão trazer elevada volatilidade ao mercado financeiro como a votação relativa à reforma da previdência e as eleições que ocorrerão em outubro.

Diante deste cenário e com a expectativa da manutenção de juros baixos por um tempo mais longo, as Entidades de Previdência terão que encontrar um novo ponto de equilíbrio nas alocações dos recursos, dosando o risco de suas carteiras e a busca pelo atingimento das metas atuarias e índices de referência dos planos.

Nos últimos anos, os Fundos de Pensão concentraram suas aplicações no segmento de renda fixa, principalmente em Títulos Públicos Federais, pois esses ativos apresentavam taxas atrativas e superavam as metas da maioria dos planos, mas, daqui para a frente, essa situação deve mudar radicalmente e as Entidades precisarão rever suas estratégias de alocação.

Essa nova realidade exigirá que os Fundos de Pensão enfrentem inúmeros desafios dentre os quais destacamos:

– diversificar os investimentos, agregando ativos de maior risco para complementar a rentabilidade auferida com os Títulos Públicos Federais;
– estabelecer metas atuariais e índices de referência dos planos de benefícios, mais compatíveis com o novo patamar de juros praticado na economia;
– aprimorar seus sistemas de governança e controle de riscos;
– intensificar a comunicação com os participantes e patrocinadoras de forma a mantê-los informados sobre as estratégias adotadas na gestão dos seus recursos e sobre os resultados alcançados.

A BB Previdência reforça seu compromisso de gerir os recursos observando os princípios da ética, segurança e transparência e faz um convite a você participante para que conheça a nova Política de Investimento 2018-2022, que norteará nossa atuação com foco na rentabilidade e sustentabilidade de cada um dos Planos administrados.

Adriana Teixeira – Diretora Financeira e de Investimentos da BB Previdência

Compartilhe
7+

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *