fbpx
Um mês de recuperação e boas expectativas para os investimentos

Um mês de recuperação e boas expectativas para os investimentos

No mês de outubro, notícias boas para os investimentos da BB Previdência! Algumas rentabilidades foram destaque, como a do segmento de renda fixa, que atingiu 3,61%, e de renda variável com 10,13%. O resultado consolidado da BB Previdência se elevou de 0,61% em setembro, para 3,81% em outubro, totalizando 9,27% no ano.

Os ativos reagiram positivamente ao desfecho da eleição presidencial e ao discurso pró-mercado do Presidente eleito (ajuste fiscal, redução do Estado e privatizações). O bom humor instalado pós-eleição deve ser monitorado, com relação aos próximos acontecimentos na formação de forças congressistas do novo governo. No mais, os investidores permanecem na expectativa pelo anúncio da nova equipe econômica e da agenda de reformas tão necessárias à retomada do equilíbrio fiscal e econômico.

No tocante ao cenário econômico externo, foram três os responsáveis pela forte recuperação dos mercados:

  1. os dados positivos da economia dos EUA, particularmente de confiança e do mercado de trabalho;
  2. a informação de que a conversa telefônica entre os presidentes americano e chinês foi em tom amigável, reduzindo as tensões do comércio global; e
  3. o satisfatório desempenho dos lucros de empresas reportados no período. Nesse ambiente, as bolsas globais apresentaram ganhos robustos, especialmente nos mercados emergentes.

Os principais fatores que influenciaram a rentabilidade dos investimentos em outubro foram:

  • O Índice IBr-X reagiu influenciado pelo cenário político e encerrou o mês em alta expressiva de 10,42%. O dólar comercial encerrou o mês com queda de 7,75%, cotado a R$ 3,7177.
  • Os títulos públicos indexados à inflação (IPCA) e precificados a mercado, principal ativo das carteiras dos Planos, com vencimento até cinco anos (IMA-B 5) alcançaram rentabilidade de 3,10% no mês, enquanto que aqueles com vencimentos mais longos, medido pelo IMA-B 5+, tiveram um desempenho ainda melhor de 10,66% em outubro, impactando significativamente o desempenho global da carteira de Renda Fixa, que fechou o mês em 3,61%. O CDI e a taxa Selic renderam 0,54%.

 

Fonte: Gerência de Investimentos

 

Compartilhe
10+

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *